segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Um Velho Adolescente

Pensem em um cara confuso e olha que sempre fui muito confuso com assuntos do coração e dessa vez é uma situação nova pois conheci uma figurinha especial sem pretensões quando a conheci estava pensando apenas em fazer um social com os moradores do condomínio mas, me deu mau porque a figurinha me encanta a cada dia, a cada conversa e a cada revelação.

Sinto-me como um tolo perdido no meio do nada. Não sei se revelo todo o caos que esta atormentando minha cabeça. Penso nela muitas vezes ao dia tento resistir e não procurar ela, porém, sempre em vão, eu a conheço há uma semana e isso que sinto é muito estranho, pois, sempre fui muito cauteloso em ralação a sentimentos e ainda mais se nunca tiver nenhum contato físico. Quando converso com ela é como se o dia melhorasse, como se o céu antes nublado e carregado de nuvens se abrisse e o formoso céu azul turquesa imperasse novamente em um belo dia de verão.

Seu estilo se encaixa com toda a perfeição com sua beleza, é uma pequena notável, seu cabelo negro sempre solto combinado com uma franja enigmática e um olhar sempre profundo, hipnotiza qualquer reles mortal, sorriso que nunca acaba, alegria sem limites ela ilumina com seu brilho interior tudo ao seu redor, simpatia extrema, amiga amada e mulher desejada, contamina com o vírus do encanto tudo e todos por onde passa, impossível passar despercebida, pois, até um cego sentiria suas belas vibrações.

Agora acabei de reler o que escrevi e percebi que tudo esta muito confuso, expressa exatamente o que estou sentido, pois, estou em um belo dilema: Não sei se flerto e corro o risco de perder a companhia agradabilíssima sempre perto de mim se ela não gostar da idéia ou fico na minha com uma paixão em silencio correndo o risco de perde-la da mesma forma por se encantar por outro. AHHHHHHHH

(Leia Mais...)

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Retorno

Salve Galera apreciadora de bloggers

Após mais de um ano sem postar absolutamente nada, resolvi voltar impulsionado por dois fatos que estão acontecendo recentemente em minha vida, o primeiro o fato de nessa segunda passada resolvi para de fumar. Sou fumante dês dos meus 18 anos e hoje tenho 27 então imaginem como esta sendo difícil e o outro fato é minha mudança, mudei pra Santana – São Paulo – SP em um prédio bem bacana com uma galerinha de boa.

Agora pensem: O que tem de tão especial e qual sua ligação com o simples fato de eu ter retomado a razão e ver que fumar só estava me fazendo mal e a mudança? Se eu isolar os acontecimentos, uma coisa não tem nada haver com a outra, mas, se eu juntar os acontecimentos, me pego ansioso pela falta de nicotina e encantado por uma figurinha encantadora aqui do prédio. É estou me sentindo um adolescente babaca, fazia tempo que não me sentia assim. E como preciso estar confuso ou apaixonado pra sentir vontade de escrever estou de volta.

Vamos ver no que vai dar,

Abraços.

(Leia Mais...)

sábado, 23 de janeiro de 2010

Vazio

Sabe aqueles dias que não deveriam existir? Então, hoje é um desses. Sem vontade de nada apenas dormir para não pensar em nada. O bom disso que deu vontade de escrever e assim paro de largar meu querido blogger!

Vazio

Sinto que me falta algo;
Eu sei o que falta;
Não tenho nada a fazer;
O sol já não aquece mais;
Os dias são sempre cinzas;
Respiro a dor;
Escuto sofrimento;
Se me olho, só vejo tristeza;
Não da vontade de sentir;
Até o doce se tornou amargo;
Sei o que me falta;
Mas não sei o que fazer;
O coração parece que vai parar;
As lagrimas da noite já não param;
O teto do quarto eu sei de cor;
O limite da loucura, ultrapassei;
Sei que me falta algo;
Mas não sei o que fazer.

(Leia Mais...)

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Aprendo Com a Vida

Este fim de ano eu tive dois extremos de em minha vida, aprendi e sofri bastante com o meu ponto mais fraco, o coração estou escrevendo isso para compartilhar meu aprendizado e o que me levou a isso.

No dia 3 de Julho de 2009 foi o começo de tudo, sai com uma mulher que de inicio se mostrou presente, sabem aquelas pessoas que no primeiro dia que você conhece já mostra que não esta no mundo de passagem, que se mostra presente mesmo sem querer enfim de inicio já me encantei com o jeito dela, foi uma noite que não existem palavras para expressar o quanto foi maravilhoso, só que no mesmo dia tivemos a primeira briga que já mostrou que tudo seria intenso. Passaram se os dias e tudo era muito intenso, muitas brigas e muito carinho até o dia que fiz a primeira burrada, eu fumava e ela odeia cigarro então tive a brilhante idéia de dizer que tinha parado de fumar e não fumar perto dela que ela nunca descobriria, enfim ela descobriu da pior maneira e pela mentira terminou comigo. Meu mundo desabou e achei estranho pois estávamos tão pouco tempo junto e como poderia gostar dela desse jeito, no dia seguinte a mãe dela me ligou e depois de uma conversa vi que a moça que me havia terminado comigo gostava de mim e muito, tivemos uma conversa e prometemos um para o outro que nada de mentiras e tentaríamos ser mais tolerantes.

Bom ela fez a parte dela, só que eu não. Não que ela tivesse se tornado uma santa, mas enquanto ela estava tentando eu não estava dando a importância necessária. 90% das brigas começavam por minha causa e todas por bobagens, discussões por nada, eu a contrariava por contrariar e nisso ela começou a questionar minha maturidade, se der repente fosse eu o cara que pudesse ser o porto seguro dela, no inicio eu pensava que fosse birra dela pois estávamos tão pouco tempo, mas poxa tenho 26 anos não estou afim de namorar por namorar e ela tem um anjo, uma filhinha maravilhosa que amo com toda força, mas voltando. Quando ela começou a questionar minha maturidade as brigas começaram ser mais freqüentes e mesmo assim estávamos juntos, era assim, quando não brigávamos era perfeito, perfeito mesmo, mas quando pregávamos doía muito porque eu via que não tava mais a fazendo tão feliz e foi indo e indo assim até o dia que ela não agüentou mais e resolveu terminar.

Saldo. Tive varias oportunidades para mudar minhas atitudes, era minha mãe falando, minha irmã, amigos, e eu não via nada, até que tive que passar o natal e o ano novo sozinho. Fiz uma retrospectiva de como eu era com ela, como eu era na vida e achei coisas que sempre fiz que não me agradou em nada, então resolvi conversar com os amigos para saber se eles achavam a mesma coisa ou se eu estava me martirizando, batata, eu era o chato e esse foi o momento que resolvi mudar, mudar em tudo que não me trazia boas coisas e investir no meu Eu, profissional, espiritual, caráter, atitudes, em tudo, deixar de ser um “Homem Moleque” ser 100% HOMEM.

O que me dói ainda é que mesmo eu conversando com ela assumindo meus erros, ela não quis me dar uma chance, nunca a trai e tirando a mentira do cigarro, nunca menti pra ela. Nunca a enganei, mas enfim eu sei que tudo seria diferente, pois achei os motivos de nossas brigas, e de coração seriamos invejados de tanta felicidade e como quando um não quer, não acontece. Serviu-me de aprendizado, choro até hoje em momentos que fico sozinho pois sei que falhei, não consegui cultivar o carinha que ela me dava, ela foi a mulher mais parceira que tive em minha vida e não retribui tantas alegrias. Então me resta erguer a cabeça agradecer a pessoa maravilhosa que Deus colocou em minha vida, vai ver ela só veio pra isso, vai ver não estávamos prontos um para o outro, vai ver nosso futuro será melhor e juntos existem muitas possibilidades e se eu ficar pensando ficarei louco. SEJA O QUE DEUS QUISER E EU MERECER.

É como sempre digo: Deus não é bom nem ruim e sim justo recebemos da vida o que merecemos e se nossa vida não esta muito boa, repense suas atitudes aprenda e mude com elas, somos seres mutáveis por isso que podemos muda quando quisermos, mas lembrem-se quando escolher mudar, mude por reconhecer que errou e nunca, mas nunca para agradar alguém, que só assim você terá paz de espírito.

(Leia Mais...)

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Homens Maduros

Cansado de escutar de tantas mulheres da mesma faixa etária que eu, dizerem que homens mais velhos são melhores, pois sabem tratar bem uma mulher e tudo mais, então estava em uma comunidade do ning (muito boa por sinal) cujo o nome é “Lua Bela” e lá tinha um texto escrito por Zélia Gattai “Homens Maduros” que fala sobre esse tema, então expressarei minha opinião sobre tudo isso.
Setenta por cento das pessoas que conheço tem pais separados e dos que sobraram, setenta por cento das mulheres não falam com os homens e dizem que eles foram cafajestes ou similares. Agora pensando nesses ditos cafajestes, todos eles ou pelos menos os que conheço são pessoas agradabilíssimas e divertidas, homens que cativam qualquer pessoa tanto mulheres quanto homens e são pessoas distintas, quando há uma mulher por perto dão vida a um personagem e quando não nasce outro.
Então fico confuso, pois Zélia Gattai quando escreveu o texto ainda era casada com Jorge Amado, mestre nas palavras, imortal membro da academia brasileira de letras, logo o texto foi inspirado nele. Então dizer belas palavras, ser um ser diferente dependendo da ocasião, hora sensível e romântico, hora caráter discutível é o que encanta um ser? Não sou um homem que se faz lubridiar com belas palavras ou atitudes duvidosas. E vou mais longe, temos um pais que todos sabemos que existem muitas injustiças, e os que deixam isso acontecer são os ditos Homens Maduros. Acredito que devemos deixar de pensar no individual para começarmos a pensar no coletivo. Exemplificarei: Um homem que fez algo a alguém normalmente tem o amparo dos amigos, pois até agora os amigos não sofreram suas garras ainda. Logo este homem é mau para um e bom para outros certo? Em meu ponto de vista esta errado, pois quem machuca uma vez e não se arrepende do que fez, fará de novo com outra pessoa continuara tendo apoio dos ditos amigos. Quando na verdade, esse homem não merece admiração ou carinho até que ele se arrependa de seus erros.
Então não acho certo apoiarem um texto inspirado em uma pessoa que 98% de nós nunca iremos conhecer. Vamos nos prender ao mundo real. Pense e conteste o que esta a sua volta, isso é um pensamento jovial? Sim eu sei, mas minhas atitudes de hoje me fará ser o Homem Maduro ou o Enganador Experiente você consegue diferenciá-lo?
Maduros ou não, temos que pensar que o que vale é o coração. O que é mais valido um homem que sabe tudo ou um que erra, reconhece o erro e evolui? Somos seres em constante evolução e nunca podemos parar essa corrente, o macaco velho que não aprende truque novo parou de evoluir. Então busquemos sempre o nirvana espiritual. Evoluir sempre esse é meu lema.

PS: Sei que sai da linha de pensamento, também sei que existem sim “Homens Maduros” porém são poucos e o que seria do mundo sem a garra e coragem de um jovem aliado a sabedoria de um homem maduro. Logo deixemos esses pensamentos bairristas pois não existe melhor ou pior e sim diferentes.

(Leia Mais...)

sábado, 18 de julho de 2009

Que Bonitinho!

Quem conhece meu blogger sabe que eu não costumo postar textos que não sejam de minha autoria, mas desta vez não pude resistir, vi um depoimento no Orkut para uma mocinha muito querida e nele a autora descreve todo o carinho que sente pela mocinha, fiquei maravilhado com a forma com que ela conseguiu emocionar até a mim. Então sem mais delongas, segue abaixo o texto que estou intitulando de Amor Celeste.

Camila minha muito amada amiga, grande alegria tive ao escrever-te esses mal chamados sonetos. Ao propô-lo quero que cada um tenha por afeição eletiva e elegância promover com muita humildade a sua atenção e estima. Assim estabelecidos minhas razões te entrego com amor os meus dedicados versos.
Camila, menina mulher, o ser mais angelical já formado. Mais doce que o mel, meiga, serena e explosiva, sabe o que quer. Quão radiante ser tu és, trava batalhas para defender seus ideais e por trás de seus medos vemos a coragem de uma mulher. Tu povoas a terra com delicadeza e esplendor. Deixando a todos um pouquinho do seu amor.
Fiel em seus propósitos corre pelos tênues caminhos já traçados até alcançar seus objetivos. Companheira, amiga, bondade exala de ti, por isso meu coração está muito feliz. Ser capaz de muitos atos impensados, atos que na sua essência tem veracidade infinda. As palavras não existem para poder descrever todos os predicados que existem em você.
Quem dera todos pudessem ter essa visão, assim seria mais fácil descrever com exatidão, tudo que existe secreto dentro do meu coração. Amo o ser que tu és, porque das campinas planetárias, outra estrela maior não há. Porque tu repetes a multiplicação do universo E desde então procuro ser o que tu és, e então és, sou e somos e por amor serei, serás e seremos.
Sara Medeiros!

(Leia Mais...)

terça-feira, 14 de julho de 2009

Overdose

Overdose é um termo utilizado cientificamente para denominar a exposição do organismo a grandes doses de uma substância química, seja ela um medicamento, uma droga ou outra substância qualquer.

Esse pequeno texto inicial eu retirei da Wikipédia, depois de ler eu comecei a me achar uma substância qualquer.

Sou uma pessoa bem intensa no que diz respeito ao que sinto, e por muitas vezes sou mal interpretado, sempre tentei controlar isso, mas nunca me senti bem com o fato de ter que reprimir, não me fazia bem, ( acredito que esse seja o maior motivo de eu ter criado esse blogger, pois esse é meu mundo, meu espaço, aberto aos sempre bem vindos visitantes), e desta vez resolvi ser o que sou, mas acredito que esse mundo não foi feito pra mim, não vejo espaço para pessoas como eu. Dramático? Talvez, mas é o que em vinte e seis anos de vida me mostram ser verdade, hoje não estou muito feliz, na verdade nenhum pouco feliz, estou com raiva de mim mesmo, pois conheci uma moça espetacular que muitos dizem coisas das quais não consigo ver, poderia ser por eu estar apaixonado? Sim, mas não acredito nisso, pois sou bem realista e analista, nunca me enganei com o caráter de uma pessoa, mas o fato é de que essas pessoas que estimo muito tentam me jogar pra baixo e luto contra elas e isso me faz querer minutos de paz e esses só estou encontrando na companhia da moça espetacular, que hoje eu percebi que já esta ficando de saco cheio de mim (uma overdose por outra substância qualquer), não me acho grudento no máximo romântico demais e ela até ontem parecia estar muito feliz com tudo isso, mas hoje senti mudanças o que me faz pensar no que estou fazendo de errado? Estou sendo eu, lutando pelo que acredito. Talvez ela não seja a tal moça predestinada a mim, acho bobagem, pois nunca me senti tão bem com outra mulher, nos damos muito bem, mas não sei o que fazer, não sei se dou uma distanciada temporária para ela der repente ela sentir saudades e correr o risco dela não sentir ou se falo tudo que esta se passando e correr o risco dela não querer mais nada pelo fato de algumas pessoas me atormentarem por eu gostar tanto dela. Mas o fato é q gosto muito, tenho medo de perder o que der repente nunca tive e estou me sentindo um adolescentezinho de merda, fraco que não sabe o que fazer.

Esse sou eu, dramático, confuso, romântico, capaz de fazer de tudo pela pessoa que “ama”. Por algumas vezes inconsequente, que mete os pés pelas mãos e que está pouco se fudendo para o que os terceiros dizem. Só querendo uma oportunidade de ser o que sou e como posso ser bom.

(Leia Mais...)