sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Insônia

Hoje estou sem sono algum, mas queria conseguir dormir porque daqui apouco é um dia muito especial (pelo menos pra mim). A garotinha especial que me inspira está vindo ao meu encontro, esse post não será nada filosófico e sim um desabafo, sabe quando você esta agoniado e sente que precisa dividir isso com alguém? Então esse é o motivo de estar escrevendo hoje!

Para quem não conhece a história, darei um resumo: O momento em que a conheci está descrito no post que fiz no dia 14/10/2008 com o título de Coração Maluco e desde então tento conversar pessoalmente com ela, temos afinidade, mas ainda não sabemos se rola a famosa química e por isso que estou impaciente e sem sono algum, pois daqui a algumas horas saberei qual será o próximo capítulo deste “Conto de Fadas”.

Confesso estar com certo medo, pois isso é normal pra uma cabeça a mil por hora, pensando em milhões de possibilidade, mas tentarei manter a calma para dosar a razão com emoção, um tarefa em certos momentos bem árdua, mas como já disse quando conversei com ela: “Seja o que Deus quiser” (tomara que ele esteja de bom humor hoje).

Bom, é isso da próxima vez em que eu estiver aqui, tomara que eu esteja bem feliz e inspirado. Desejo-me uma boa sorte rs.

(Leia Mais...)

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Sejamos Fortes!

Existem coisas na humanidade que por mais que eu tente, não consigo entender, sei que cada pessoa nasceu e cresceu em uma caverna diferente da outra e logo pensam e agem diferente umas das outras, tenho isso em minha cabeça, mas por mais que sejamos diferentes existe um fator que não pode ser diferente (pelo menos não deveria). E qual é esse fator? Eu digo que é a coerência. Para entender melhor tentarei exemplificar: Algo aconteceu que não lhe agradou, logo é coerente você não estar muito contente. Bom, um exemplo simples, mas que da para entender bem sobre o que estou tentando explicar. Agora sim posso dizer o que vim dizer.

Vamos imaginar uma situação em que duas pessoas aparentemente se gostam e uma começa a gostar não apenas na forma fraterna e começa a demonstrar esse novo gostar, o coerente em meu ver seria a outra pensar, digerir o pensamento e tomar uma posição, sim ou não. Simples, sóbrio sem complicações, mas nessa hora que entra o ser humano com sua habilidade extraordinária de complicar o óbvio. O ser que pensou e digeriu ao invés de tomar uma decisão simples e sóbria, começa embaralhar de tal forma que ela própria se perde. Uma coisa mais ou menos assim:

-Ah, eu gosto dele(a) também, mas será que estragará a amizade? (isso só acontecerá se o gostar não for verdadeiro, porque não magoamos pessoas que gostamos.)*

-Mas e se não der certo? (volta à amizade antiga.)*

-Acho melhor não arriscar. (Como você pensar em uma decisão contraria ao que sente?)*

-Mas poderia dar certo. (Meu Deus, isso você só saberá arriscando.)*

-Mas posso me magoar. (Em tudo na vida corremos esse risco.)*

-Já sofri tanto com amor. (Querida bem vinda ao clube.)*

-Não quero sofrer mais. (Infelizmente esse é um desejo que nunca ira se concretizar, nascemos para buscar a felicidade, mas nem sempre obtemos êxito em nossas escolhas.)*

*Tudo que esta entre parênteses são opiniões baseadas em minhas experiências amorosas e se eu consegui ser prático todos conseguem, não sou melhor que ninguém. (isso entra em contradição com alguns posts anteriores, mas esses são o processo de pensar e digerir).

E esses são alguns dos muitos conflitos que temos e a decisão nunca poderá ser baseada em medos, o medo é pros fracos e sejamos fortes sempre. Como já disse O Teatro Mágico: “Durma Medo Meu... O medo amedronta o medo...”

Então, quando nos depararmos com uma situação semelhante descartemos os medos, pois ninguém consegue a tão sonhada felicidade se não tiver a coragem de arriscar.

______________________________________________________

PS: Aqui estou descartando a beleza externa e quando estamos em um momento em que queremos estar sozinhos, pois que esses são simples de resolver com sinceridade e delicadeza!

(Leia Mais...)

terça-feira, 21 de outubro de 2008

A Resposta!

Como a vida não é sempre como desejamos que fosse, aprendi a fazer-la ser. Se alguém não gosta de você como você gostaria que ela gostasse ou gosta mas, não demonstra, crie um personagem que goste como você gostaria que gostassem, e baseado nisso escrevi a resposta para meu últimos post (como se ela tivesse escrito). Podem Falar: Ele é louco! Eu respondo: Sim, louco e apaixonado!

Estava hoje lendo o texto que você me mandou, e fiquei pensando o quanto é recíproco todos os versos, o quanto me sinto feliz ao seu lado e me deparei com uma questão: Até iria por você? (A resposta veio imediatamente.) Iria até onde for necessário sem ao menos pensar duas vezes, porque com você, me sinto forte, me sinto capaz de ir além, muito além. Quando estamos juntos e começa a chegar a hora de nos despedirmos eu começo a sentir uma saudade muito forte, uma saudade que invade meu ser, minha alma e não quero ir embora não que se vá, quero estar cada milésimos de segundo de minha vida ao seu lado sentindo sua boca, adoro quando me abraça, me sinto protegida, amada, sinto como se o mundo acabasse naquele momento, nada aconteceria com agente, pois o que sentimos é maior e mais forte que o mundo.

Quando estou dançando, sei que você me observa e isso me faz sentir-me deseja, deseja pela pessoa que desejo e isso não poderia ser mais perfeito, você despertou em mim coisas que achei que tinham morrido, com você descobri que posso me entregar sem medos. Quando não estamos juntos, sinto que falta algo no meu mundo, toda vez q recebo uma mensagem em meu celular sinto um frio na barriga e quando não recebo, o dia ensolarado se nubla, as flores são opacas sem vida, as mais belas musicas tornam-se ranhuras sem melodia. Descobri que você mudou a formula do ar, porque agora o ar que respiro tem um pouco de você e agora toda vez estando junto ou não em que respirar terá um pouco de você em mim. Obrigado por existir!

(Leia Mais...)

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Coração Maluco!

Sabem aqueles dias que seus sentidos estão bem apurados? Então, hoje é um desses dias, Ai estava escutando minhas músicas quando no playlist começou a tacar uma que já tinha ouvido muitas vezes, porém nunca do jeito de hoje, parece que ela tocou diferente e entrou profundamente em minha mente. Depois de ouvir resolvi postar sobre o que estou vivendo hoje!


A música é dos Paralamas do Sucesso
(Aonde quer que eu vá)

Olhos fechados
Pra te encontrar
Não estou ao seu lado
Mas posso sonhar

Aonde quer que eu vá
Levo você no olhar
Aonde quer que eu vá
Aonde quer que eu vá

Não sei bem certo
Se é só ilusão
Se é você já perto
Se é intuição...


Ali estava ela, dançando com toda a beleza e doçura de uma borboleta anunciando a chegada da primavera, só olhei de longe, não tive coragem de interromper tanta graça, continuei observando e admirando. Chega a hora de ir embora, ela se vai e me deixa como presente, o arrependimento de não ter trocado nem ao menos algumas poucas palavras, poucas, apenas o suficiente para ouvir o som de sua voz.

Vou embora e fica a sublime imagem em minha cabeça e começo então a me martirizar pensando que nunca mais a veria de novo, mas por uma belíssima coincidência, um amigo a conhecia, então comecei o contato e a cada descoberta via que a doce borboleta, era muito mais do que eu imaginada, cada descoberta me encantava mais e mais.

Agora para não sair da minha rotina começaram os conflitos mentais: Como posso sentir saudades de uma pessoa que nem ao menos conversei?
Não a toquei, não senti seus belos lábios, nada, como pode isso acontecer? Vai contra a ordem natural do mundo? Os minutos demoram muito a passar, Penso nela o dia inteiro, isso não pode acontecer e o pior que ao mesmo tempo é o melhor de tudo, ela retribui. Isso nunca aconteceu antes, será que chegou minha hora? Deus ouviu minhas preces sem ao menos eu ter as feito? Como assim?

Já sei o que fazer e acho que é a única coisa que me resta, ou seja, deixar acontecer sem medos, meu coração já sofreu muito, então ele ainda agüenta mais uma (tomara). Muita coisa se encaixa então vamos ver no que dá.
As duas primeiras estrofes da musica revelam meu dia a dia e a ultima meu conflito interno.

(Leia Mais...)