quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Aprendo Com a Vida

Este fim de ano eu tive dois extremos de em minha vida, aprendi e sofri bastante com o meu ponto mais fraco, o coração estou escrevendo isso para compartilhar meu aprendizado e o que me levou a isso.

No dia 3 de Julho de 2009 foi o começo de tudo, sai com uma mulher que de inicio se mostrou presente, sabem aquelas pessoas que no primeiro dia que você conhece já mostra que não esta no mundo de passagem, que se mostra presente mesmo sem querer enfim de inicio já me encantei com o jeito dela, foi uma noite que não existem palavras para expressar o quanto foi maravilhoso, só que no mesmo dia tivemos a primeira briga que já mostrou que tudo seria intenso. Passaram se os dias e tudo era muito intenso, muitas brigas e muito carinho até o dia que fiz a primeira burrada, eu fumava e ela odeia cigarro então tive a brilhante idéia de dizer que tinha parado de fumar e não fumar perto dela que ela nunca descobriria, enfim ela descobriu da pior maneira e pela mentira terminou comigo. Meu mundo desabou e achei estranho pois estávamos tão pouco tempo junto e como poderia gostar dela desse jeito, no dia seguinte a mãe dela me ligou e depois de uma conversa vi que a moça que me havia terminado comigo gostava de mim e muito, tivemos uma conversa e prometemos um para o outro que nada de mentiras e tentaríamos ser mais tolerantes.

Bom ela fez a parte dela, só que eu não. Não que ela tivesse se tornado uma santa, mas enquanto ela estava tentando eu não estava dando a importância necessária. 90% das brigas começavam por minha causa e todas por bobagens, discussões por nada, eu a contrariava por contrariar e nisso ela começou a questionar minha maturidade, se der repente fosse eu o cara que pudesse ser o porto seguro dela, no inicio eu pensava que fosse birra dela pois estávamos tão pouco tempo, mas poxa tenho 26 anos não estou afim de namorar por namorar e ela tem um anjo, uma filhinha maravilhosa que amo com toda força, mas voltando. Quando ela começou a questionar minha maturidade as brigas começaram ser mais freqüentes e mesmo assim estávamos juntos, era assim, quando não brigávamos era perfeito, perfeito mesmo, mas quando pregávamos doía muito porque eu via que não tava mais a fazendo tão feliz e foi indo e indo assim até o dia que ela não agüentou mais e resolveu terminar.

Saldo. Tive varias oportunidades para mudar minhas atitudes, era minha mãe falando, minha irmã, amigos, e eu não via nada, até que tive que passar o natal e o ano novo sozinho. Fiz uma retrospectiva de como eu era com ela, como eu era na vida e achei coisas que sempre fiz que não me agradou em nada, então resolvi conversar com os amigos para saber se eles achavam a mesma coisa ou se eu estava me martirizando, batata, eu era o chato e esse foi o momento que resolvi mudar, mudar em tudo que não me trazia boas coisas e investir no meu Eu, profissional, espiritual, caráter, atitudes, em tudo, deixar de ser um “Homem Moleque” ser 100% HOMEM.

O que me dói ainda é que mesmo eu conversando com ela assumindo meus erros, ela não quis me dar uma chance, nunca a trai e tirando a mentira do cigarro, nunca menti pra ela. Nunca a enganei, mas enfim eu sei que tudo seria diferente, pois achei os motivos de nossas brigas, e de coração seriamos invejados de tanta felicidade e como quando um não quer, não acontece. Serviu-me de aprendizado, choro até hoje em momentos que fico sozinho pois sei que falhei, não consegui cultivar o carinha que ela me dava, ela foi a mulher mais parceira que tive em minha vida e não retribui tantas alegrias. Então me resta erguer a cabeça agradecer a pessoa maravilhosa que Deus colocou em minha vida, vai ver ela só veio pra isso, vai ver não estávamos prontos um para o outro, vai ver nosso futuro será melhor e juntos existem muitas possibilidades e se eu ficar pensando ficarei louco. SEJA O QUE DEUS QUISER E EU MERECER.

É como sempre digo: Deus não é bom nem ruim e sim justo recebemos da vida o que merecemos e se nossa vida não esta muito boa, repense suas atitudes aprenda e mude com elas, somos seres mutáveis por isso que podemos muda quando quisermos, mas lembrem-se quando escolher mudar, mude por reconhecer que errou e nunca, mas nunca para agradar alguém, que só assim você terá paz de espírito.

15 comentários:

Ivani disse...

Puts...Estou chorando agora!
Eu tb já passei por poucas e boas, já fui muito ruim.
Mas paguei por cada coisinha. Tive que aprender na marra.
Esse meu post falei disso:
http://cantinho-escuro.blogspot.com/2009/03/licao-dos-dias.html

As pessoas tem objetivos a cumprir durante a vida, pode ser o caso dela.
Mas algo me diz que você ainda deve tentar novamente!
Hj tenho um relacionamento lindo, ele também é meio brigãozinho que nem vc ERA, mas eu dou um jeito!!

Muito profundo! Adorei!
Felicidades e novidades em 2010!

C. F. da Silva™ disse...

As lágrimas sou pospostas de sorrisos xD

Guilherme_Arconexo disse...

Pois é, é a vida...
QUem dera que tudo fosse um mar de rosas? Mas com o tempo vamos ficando calejados e aprendendo a lidar cada vez melhor com as adversidades.

http://nadaaverpontocom.blogspot.com

Leonardo disse...

EU posso dizer que conheci os dois desde que começaram a sair juntos...

Creio sim, que vc caro amigo tenha mtos falhos, mas ngn e perfeito...nós devemos aprender com nossos erros, porem, me lembro de que um dia soube que voces começaram a namorar pelo teu nobre coraçao, pois ao cuida-la em um dia que te necessitou, percebeu o quanto es importante para ela..

Acho que quando amamos, confiamos mto, em nós mesmos, e talvez nao damos importância para pequenos falhos que ao acumularem causam suma importância, e hj sei o quao arrependido estas....

Espero de coracao que possam voltar um dia a estar juntos para que possamos sentar em um bar e assistirmos as partidas do nosso timao juntos tomando uma breja e conversando sobre a vida e dando risada...

Sei que nao é, e nem sera facil suportar essa dor, porem lembre-se que se realmente ela te pertence ela voltará....

Um forte abraço...

Léo.

Érico disse...

Rapaz, qndo a gente não aprende pelo amor a gente aprende na dor! mt corajoso de sua parte expor sua situação de uma maneira aberta e sincera. Mesmo q a moça não volte tenho certeza q vc vai aprender com essa experiencia e não vai cometer o mesmo erro tão cedo. E aki vai um conselho: tendo ou não uma namorada, acho bom vc largar mesmo o cigarro e outros vícios q tiver. Um grande abraço e td de bom

kilder disse...

valeu pela visita ao meu blog, também a solidão pode ser uma dor que existe na propria pessoa, independente da qt de pessoas que estao ao redor.

boa sorte.

Gabriel Messias disse...

tem aquela velha historia... só aprendemos com os erros e so damos o devido valor quando perdemos... ja passei por situação do tipo... nao tao intensa quanto a relatada mas de dizer que vai mudar e na verdade nao tentar nao da o merecido valor...

Pobre esponja disse...

A solidão nos faz forte. Temos de encará-la, a ponto de depois dar lhe um pé na bunda. Tudo dá certo no fim, se não deu é porque não chegou o fim ainda.

abç
Pobre Esponja

Fabio Bustamante disse...

Acho que tudo na vida tem um motivo. Toda dificuldade que passamos não é totalmente ruim, elas nos ajudam a ter força para enfrentar outras. E as brigas são normais em qualquer tipo de relacionamento, seja ele com a família ou com namoradas.

www.botecodohumor.blogspot.com

JASMINE TIGER disse...

nossa!!!emocionante seu desabafo .espero q tenha mudado .eu tive um namorado assim .ele sempre estava errando e detalhe depois de mim ja passaram umas 4 na vida dele e ele continua errando,,, der tempo ao tempo e vc vai ver tudo se resolvera ,se for p vcs ficarem juntos ...ficara
beijos

Irving Maynard disse...

Poxa, o negócio fui sério! Adorei o que colocaste no final. Deus não é bom nem ruim, Ele é justo! De fato, devemos fazer jus àos presentes que Deus nos dá.

obs.: Roteiro de filme ou novela romântica viu!

Marjorie disse...

É, mas as alegrias e a mudança positiva só ocorrem quando há, antes de tudo, o sofrimento e o aprendizado.
A vida é uma eterna escola!
Fé e vá em frente! Tudo de melhor pra voce agora em 2010!

Passa lá no meu:
http://maa-ccx.blogspot.com/

Fabio Bustamante disse...

Já comentei sobre este assunto acima, mas volto a dizer que o sofrimento também nos ensina a viver. Acho que, quando passamos por alguma dificuldade, ficamos mais fortes para enfrentar as outras que virão.

www.botecodohumor.blogspot.com

Cativa Google disse...

brigas demais acabam desgastando a relação.

ADM. Paulo disse...

Pois é a vida .......